Administração Científica

 

Taylorismo e administração científica

administração-cientifica-e-taylorismoAtualmente se fala muito a respeito de um Taylorismo maior no contexto da administração cientifica. Esse fenômeno pode ser entendido como uma mudança na forma de observar o tema. Ou seja, ao invés de olhar unicamente sob o aspecto de organização racional do trabalho, no nível do operário, devemos pensar em termos maiores e extrapolar essa visão muito limitada para um foco mais amplo, enxergando a empresa como uma totalidade.

Até os dias atuais podemos perceber que a administração científica vem funcionando de forma satisfatória, e já conta com uma estrutura melhorada e com uma grande ampliação de visão. Dessa forma, podemos perceber que ela nunca deixou de ser atual.

Existem pessoas que afirmam, inclusive, que a administração científica se traduz hoje em vários sistemas de gestão. Inclusive quando se fala a respeito da questão da re-engenharia, por exemplo, podemos entendê-la como a retomada de todo um estudo de racionalização do trabalho. No fundo, todos esses são desdobramentos de um Taylorismo maior.

Congressos de gestão de pessoas e recursos humanos

Quando se faz, por exemplo, um congresso de assuntos médicos, os profissionais participam deste para aprender coisas novas, como novas abordagens a doenças, novas descobertas etc. Esse tipo de aprendizado é vital para que a classe de administradores possa enriquecer o seu patrimônio cultural, atualizar conhecimentos e verificar o que outras empresas estão fazendo. Todos esses pontos são muito importantes, uma vez que geram uma visão muito atualizada daquilo que se vem realizando. Idéias podem ser adquiridas através de congressos, e sua realização é algo formidável.